Confira a crítica do filme A Imagem da Tolerância

Confira a crítica do filme “A-Imagem da Tolerância”

“A Imagem da Tolerância” é um filme com formato de documentário, onde se passa imagens ligadas a Nossa Senhora Aparecida e com pessoas dando seus depoimentos sobre a fé, tolerância e cultura. O filme é todo com a trilha sonora de Maria Bethânia.

O início do filme mostra pescadores em um rio, com o Padre Fábio de Melo cantando a música de Nossa Senhora Aparecida e logo em seguida, ainda com a imagens do rio com pescadores começa a ser contada a história de Nossa Senhora.

Confira a crítica do filme “A Imagem da Tolerância”.

E nessa narração sobre a história de Nossa Senhora Aparecida conta que pescadores antes de ir para o rio Paraíba pediu a mãe de Deus que abençoasse essa pesca. E quando jogaram a rede não veio nenhum peixe, mas quando um dos pescadores decidiu fazer a última tentativa, não apunharam nenhum peixe, mas pegaram a imagem de Nossa Senhora Aparecida, porém, faltando a cabeça.

E emocionado o pescador jogou a rede novamente e assim pegando a cabeça da Santa e viu que se encaixava perfeitamente. Depois desse acontecimento, considerado uma benção/milagre, os pescadores começaram a ter sucesso nas suas pescas.

Segunda a narração do filme, ao encontrarem a imagem de Nossa Senhora, algumas pessoas especularam que a imagem estava suja, pois era incomum existir uma Santa negra. Por a imagem está muito tempo de baixo d’água a imagem da Santa acabou ficando manchada.

“A tolerância começa quando você aprender amar o outro”

No filme tem o depoimento da Porta Bandeira da Mangueira, Débora de Almeida, que também é enfermeira e ela conta que estava no hospital em que trabalha e uma criança de 5 anos a reconheceu do desfile da escola de samba em que representava a Nossa Senhora e ao contar, Débora se emociona, pois é devota de Nossa Senhora.

O filme de Joana Mariani e Paula Trabulsi, “A Imagem da Tolerância“, não mostra apenas história de católicos, mas de todas as crenças. Débora é umbandista e devota de Aparecida, e com isso o filme mostra que para ser devoto de Nossa Senhora não precisa ser católico.

Tem uma parte do filme em que começa a mostrar a igreja de Nossa Senhora Aparecida, que fica em São Paulo e na filmagem, mostra uma procissão de espíritas em homenagem a padroeira. Em um dos depoimentos que aparece no filme, tem budistas, espíritas e etc.

E com isso mostra-se que “A Imagem da Tolerância” não aborda apenas o catolicismo, mas outras crenças. Ressalta também o fato de Nossa Senhora ser negra e através disso apresenta que somos todos iguais, filhos de um mesmo Deus.

Tolerância é respeito

Um dos depoimentos que achei admirável, foi do Chines, Thomaz Sieh, que explica que na China a sua cultura é paralelamente, ou seja, respeitam uns aos outros. Fala sobre ajudar o próximo sem esperar o retorno material e sim o espiritual. Thomaz diz que tolerância é aceitar o ponto de vista diferente do seu.

Outro depoimento que todos precisam ouvir é da atriz comediante, Nany People, que é transexual e ela diz sobre sua devoção a Nossa Senhora, que ela aprendeu isso com a sua mãe. Nany diz que através do apoio de sua mãe ela conseguiu encontrar o seu caminho. A relação com sua mãe sempre foi forte, como a relação com a mãe Aparecida.

A Imagem da Tolerância vale a pena ser assistido, pois é um filme que aborda diversos temas importantes através da imagem de Nossa Senhora. Um filme que deixa como principal recado é que devemos ter respeito, sermos tolerante as crenças do próximo.

Confira abaixo o trailer do filme

Deixe uma resposta