Cabine de cinema

Confira a crítica do documentário Dilema das Redes

Josiane dos Santos Tavares
Escrito por Josiane dos Santos Tavares em 6 de outubro de 2020
Confira a crítica do documentário Dilema das Redes

A tecnologia tornou-se uma fonte inesgotável de pautas e questões para se abordar, contudo, o documentário Dilema das Redes traz o assunto como forma de alerta aos milhões de usuários.

Esta não é a primeira vez que uma produção Netflix aborda os assustadores efeitos das redes sociais na vida humana. O documentário tem um tom alarmante, não se espante caso se sinta manipulado enquanto assiste ao documentário, pois esta é basicamente a premissa da obra.

Trailer

Conduzido por profissionais do ramo da tecnologia que muito tempo contribuíram para redes como Facebook, Google, Twitter, Instagram, Pinterest e Oracle. O documentário é contado sob perspectiva dos entrevistados, de tal forma que hoje, eles se mostram preocupados pelo avanço tecnológico dos meios que eles próprios ajudaram a moldar.

Com direção de Jeff Orlowski, a produção tem o objetivo central de levantar uma bandeira contra a tecnologia. E como fazem isso? Simples! Contando sem censura a forma como os funcionários dessas grandes empresas trabalham para deixar os usuários cada vez mais dependentes dos aplicativos. É como se os trabalhos deles girasse em torno do planejamento de estratégias criativas para deixar as pessoas cada vez mais tempo conectadas aos aplicativos.

Para melhor ilustrar às falas dos especialistas a produção conta com uma história fictícia de uma família que vive refém da manipulação e vício gerados pelos algoritmos das plataformas. Desse modo, pode-se entender de maneira simples como as notificações chegam em nosso celular ou até mesmo as sugestões de anúncios.

Tristan Harris, ex-funcionário do Google, levanta questões a respeito da falsa sensação de controle que os usuários tem. Já que para ele, “estamos treinando e condicionando uma geração inteira de pessoas que, quando se sentem desconfortáveis, solitárias ou com medo, usam ‘chupetas digitais’ para se acalmar e isso vai atrofiando nossa habilidade de lidar com as coisas”.

Em dado momento a questão sobre política e democracia vira pauta no documentário por conta da relação de controle e responsabilidade com os conteúdos. Posto que tanto as eleições presidenciais dos EUA e Brasil tiveram grandes influências das Redes Sociais.

Vale apena assistir ao documentário?

Sem dúvidas! Apesar do documentário não trazer mais informações do que àquelas que já temos conhecimento, de forma didática conscientiza os internautas sobre o problema por trás das inúmeras horas que passamos em frente a tela. O dilema, conforme foi apresentado, termina sem uma solução para que sejamos “menos manipuláveis”. O documentário não culpa a tecnologia ou os responsáveis por trabalhar nessas grandes empresas, embora os entrevistados digam que hoje percebem que suas ações tiveram efeitos negativos na humanidade.

Já assistiu O Dilema das Redes? Deixe seu comentário. Aliás, se você curte um assunto mais tecnológica, fique por dentro de filmes e séries que abordam essa temática.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem Somos

“Somos produtores do melhor conteúdo da sétima arte. Nosso objetivo é informar, dar dicas sobre filmes e séries, festivais, bastidores e muito mais.

Já pegou sua pipoca hoje?”