Últimas semanas do Circuito Indie Festival

Últimas semanas do Circuito Indie Festival

O Circuito Indie Festival 2018 está em sua reta final. Confira a programação completa do que está rolando no festival até o final do mês.

Programação Circuito Indie Festival

22/5 – A Bela da Tarde

Severine é uma dona de casa que não consegue conciliar seus desejos com a vida ao lado do marido. Enquanto ela passa a trabalhar secretamente em um bordel de classe alta para satisfazer suas vontades. Mas quando ela começa a ter problemas com um dos clientes, o retorno à vida antiga se mostra um desafio.

(La Belle du Jour. França, 1967, 100 minutos. Direção: Luis Buñuel).

22/5 – Colo

Em Portugal, a rotina diária de pai, mãe e filha é absorvida pelos efeitos da crise econômica. A mãe se desdobra em dois empregos, pois seu marido está desempregado. A filha adolescente guarda seus próprios segredos e tenta manter sua rotina diária apesar da falta de dinheiro. Para escapar dessa realidade comum, eles se tornam, lentamente, estranhos uns aos outros. Por isso, foi selecionado para a competição oficial da 67ª edição do Festival Internacional de Cinema de Berlim.

(Direção: Teresa Villaverde. Portugal/França. 2017, Blu-ray, 136 min.)

22/5 – O Futuro Perfeito

Xiaobin tem 17 anos e não fala sequer uma palavra de espanhol quando chega à Argentina para encontrar sua família, que cuida de uma lavanderia e vive completamente isolada dos argentinos. Xiaobin testa seu novo idioma nas ruas, acaba conhecendo o indiano Vijay e começa a pensar no futuro, no que aconteceria se seus pais soubessem de seu relacionamento. Por isso ganhou o prêmio de Melhor Primeiro Filme no Festival de Locarno 2016.

(El futuro perfecto, Arg, 2016. 65′)

23/5 – Jovem Mulher

Sem dinheiro, dona apenas de um gato e com todas as portas batendo na sua cara, Paula retorna à Paris após uma longa ausência. Mesmo que repentinamente foi abandonada pelo namorado, sua odisseia durante o dia e a noite está apenas começando: uma jornada para redescobrir a integridade de sua alma e sua independência. Mas ela só tem certeza de uma coisa: está determinada a recomeçar novamente e o fará com estilo e carisma.

(Direção: Léonor Serraille. França: 2017, 97 min.)

As exibições acontecem no Sesc Campinas, em São Paulo e as sessões são gratuitas.

Fonte: Sesc

Deixe uma resposta