Séries

Confira 5 curiosidades de La Casa de Papel

Daniella Magalhães
Escrito por Daniella Magalhães em 11 de junho de 2020
Confira 5 curiosidades de La Casa de Papel

O fenômeno da série La Casa de Papel tem várias curiosidades em seus bastidores. A Academia do Cinema te conta quais. 

la casa de papel
Fonte: Google

A série La Casa de Papel conquistou fãs por todo o mundo. Sua quarta temporada foi lançada no começo de abril e dividiu a opinião dos fãs. 

Através das temporadas, muitas cenas chocaram os telespectadores, devido a sua grandiosidade ou a sua complexidade. Mas, na verdade, muitas dessas cenas tiveram alguns problemas em sua realização. Fique por dentro de algumas das curiosidades da série abaixo:

Chuva de dinheiro em Madri

A icônica cena onde ocorre uma chuva de dinheiro em Madri deixa uma incógnita na cabeça dos telespectadores sobre como ela foi feita. 

Para aquela gravação, algumas ruas de Madri precisaram ser fechadas por tempo limitado. A verdade é que todo aquele dinheiro – falso – saiu de vários ventiladores no chão, mas durante a gravação, um deles deu defeito e começou a sugar a nota. 

Além disso, o tempo decidiu não colaborar com a produção, porque começou a chover no local, o que fez as notas ficarem molhadas. O tempo reservado para a gravação acabou e foi necessária muita conversa para conseguirem mais 40 minutos sem terem publicidade nos telões do local. 

Cenário submerso

Lembra das cenas na terceira e quarta temporada nas quais o cofre com barra de ouros fica cheio dágua? A cena foi gravada em um estúdio na cidade de Londres, capital da Inglaterra. 

O cenário foi submerso no estúdio, o que deu a impressão de que a água entrava no cofre, quando na verdade foi o contrário, o set de filmagens entrou na água. 

Mas a produção trabalhosa não acabou por aí! As barras de ouro da cena eram na verdade feitas de espuma. Elas perderam seu formato após um certo tempo na água e ficaram amassadas. Como eles consertaram? Não consertaram! Todas as barras precisaram ser refeitas, uma a uma, na pós-produção digital. 

Inverno Europeu ou Tailândia?

O final da segunda temporada mostra o sucesso na fuga dos participantes do primeiro roubo. Todos os personagens pareciam sentir muito frio, já que a cena simulava que o barco estava em águas internacionais e apresentava a bandeira de Portugal em seu mastro. 

Mas, o por trás das câmeras era bem diferente do que a realidade: as gravações foram feitas na Tailândia, durante um verão que marcava cerca de 42° graus. Foi uma gravação certamente difícil para os atores que usavam figurinos como roupas de frio, e não podiam soar para dar veracidade à cena. 

Série Cancelada

Embora a primeira temporada da série tenha sido muito bem recebida pelo público, a segunda não causou o mesmo impacto. A série foi feita para a TV aberta espanhola, mas por perder parte de sua audiência, foi cancelada. 

Então, a salvadora de quem gosta de séries, mais conhecida como Netflix, comprou os direitos da série, conseguiu um orçamento maior para a produção e renovou a série para duas outras temporadas, a terceira e a quarta. 

Fama

La casa de Papel deu o reconhecimento merecido aos atores que participam da série. Mas, toda fama tem seu preço. Com o crescimento da popularidade da série, ficou mais difícil gravar cenas em espaços públicos e os atores também enfrentaram mais dificuldades em se recordarem de suas falas, por toda a movimentação dos fãs ao redor. 

Gostou de saber dessas curiosidades? Fique por dentro de curiosidades de Brooklyn 99 clicando aqui

Fonte: Rolling Stone

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem Somos

“Somos produtores do melhor conteúdo da sétima arte. Nosso objetivo é informar, dar dicas sobre filmes e séries, festivais, bastidores e muito mais.

Já pegou sua pipoca hoje?”