Séries

Plataforma de streaming DC Universe terá novo formato a partir de 2021

Josiane dos Santos Tavares
Escrito por Josiane dos Santos Tavares em 12 de outubro de 2020
Plataforma de streaming DC Universe terá novo formato a partir de 2021

Os assinantes do serviço de streaming DC Universe não podem dizer que foram pegos de surpresa pelo anúncio novo formato da plataforma. A partir de 2021 os assinantes do streaming vão ter uma novidade.

Assim sendo, a nova plataforma se chamará DC Universe Infinite que agora abrigará apenas quadrinhos digitais. Todos os demais conteúdos de filmes e séries sairão do catálogo

Após algumas demissões e títulos originais migrando para o HBO Max e canal CW, o anúncio da reformulação deu uma acalmada àqueles que acharam que seria o fim do streaming

Mas se você está preocupado com os títulos que já acompanhava na DC Universe não se preocupe, todas as séries originais estarão disponíveis no catálogo da HBO Max. Aos assinantes atuais, a plataforma oferecerá ofertas exclusivas para que assinem os conteúdos.

Já o novo formato da DC Universe Infinite promete estrear em 2021, disponibilizando cerca de 24 mil quadrinhos que poderão ser acessados de forma online ou baixados para leitura no modo offline. Além disso, a expectativa é que a editora amplie suas produções originais já que o enfoque será apenas nos quadrinhos.

Séries migradas para o HBO Max

  • Doom Patrol
  • Titãs
  • Harley Quinn
  • Young Justice

Já a série Stargirl migrará para o canal CW. Mas também vale lembrar que Doom Patrol está disponível na HBO e Titãs na Netflix. A mudança não deve afetar a distribuição das séries no Brasil por enquanto.

Confira a matéria sobre a nova série She-Hulk aqui.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem Somos

“Somos produtores do melhor conteúdo da sétima arte. Nosso objetivo é informar, dar dicas sobre filmes e séries, festivais, bastidores e muito mais.

Já pegou sua pipoca hoje?”